Blog

Cabernet Franc Argentino. Permita-se !!!



Se você pensa que a Argentina continua associando seus vinhos a uva Malbec saiba que uma outra uva vem ganhando terreno rapidamente na mesa dos nossos hermanos e de todos os entusiastas de perto e de longe.
Trata-se da Uva Cabernet Franc.
Esta casta tem hoje o status de a "nova especialidade Argentina".

De acordo com o famoso guia The Oxford Companion to Wine, de Jancis Robinson, a uva Cabernet Franc provavelmente surgiu na região entre o sul da França e o nordeste da Espanha, onde hoje está localizada a comunidade autônoma do País Basco. Por volta do século 17, passou a ser transportada para outras regiões francesas, principalmente por peregrinos religiosos. Se desenvolveu principalmente em duas: Bordeaux e Vale de Loire (onde era chamada de Breton). A partir do século seguinte, a uva se estabeleceu bem entre essas regiões. Foi levada para outras localidades europeias, como Itália, Áustria e Hungria, onde apresenta uma boa produção até hoje. Posteriormente, também passou a ser cultivada no Novo Mundo, em decorrência do avanço da praga filoxera na Europa.
A uva Cabernet Franc começou a expandir-se na Argentina no início dos anos 1990, quando era muito usada em blends muitas vezes para compensar com uma eventual falta de acidez e frescor da uva Malbec.
Com o passar do tempo adaptou-se muito bem aos vinhedos de altitude se sobressaindo em altitudes entre 900 e 1200m.
O cacho da uva Cabernet Franc possui tamanho pequeno e cor violeta acentuada. Os bagos da casta são extremamente delicados e com formato redondo. 
 
Na taça, o Cabernet Franc tipicamente mostra tons de rubi pálido a púrpura mais escuros, com um perfil seco e de corpo médio, e frequentemente uma acidez viva combinada com níveis um pouco mais baixos de tanino em climas mais frios.
Ele fornece uma textura suave e aveludada no palato com uma mistura inebriante de caráter de frutas vermelhas e pretas. Aqui você vai encontrar especiarias picantes, amoras, groselhas, framboesas, cerejas, folhas de tabaco, juntamente com tendências florais, de ervas ou minerais.
A Cabernet Franc também é famosa por possuir um composto chamado pirazina em sua casca. Isso faz com que os vinhos possam desenvolver aromas vegetais e ?picantes?, como pimentão, pimenta e chocolate apimentado.
 
Use o Cabernet Franc Argentino para harmonizações com almôndegas ao molho de tomate, carne ensopada, lombo de porco assado, paleta de cordeiro, pimentões e berinjelas recheadas, cogumelos salteados além de queijos brie, camembert e feta.